Visitantes

SEJAM BEM VINDOS! AGRADEÇO A TODOS OS LEITORES DOS MAIS DE 95 PAISES, QUE LEEM REGULARMENTE O MEU BLOG, CITO, - WELCOME! THANK YOU TO ALL READERS OF MORE THAN 95 COUNTRIES, WHO REGULARLY READ MY BLOG: BRASIL, PORTUGAL, MOCAMBIQUE, REINO UNIDO, IRLANDA, TIMOR-LESTE, ESTADOS UNIDOS, ITÁLIA, ANGOLA, CINGAPURA, ALEMANHA, UCRÂNIA, JAPÃO, ARGENTINA, AUSTRÁLIA, FRANÇA, CANADÁ,ÍNDIA, BOLIVIA, BÉLGICA, NORUEGA, ISLÂNDIA, ÁUSTRIA, MÉXICO, ESPANHA, COLÔMBIA, AFRICA DO SUL, RÚSSIA, TURQUIA, ARABIA SAUDITA, HOLANDA, SUIÇA, URUGUAI, CABO VERDE, MACAU, SUÉCIA, EGITO, MALÁSIA, PARAGUAI, LETÔNIA, EMIRADOS ÀRABES UNIDOS, SENEGAL, GRÉCIA, ETIÓPIA, GUIANA FRANCESA, HAITI, REPUBLICA TCHECA, DINAMARCA, POLÔNIA, PERU, FINLÂNDIA, FILIPINAS, HONDURAS, SÃO TOMÉ E PRINCIPE, HUNGRIA, ISRAEL, TAILANDIA, ALBÂNIA, MARROCOS, CATAR,ROMÊNIA,CHIPRE,CHINA,INDONÉSIA,CHILE, NAMÍBIA, CROÁCIA, NIGÉRIA, SÉRVIA, VENEZUELA, LUXEMBURGO, TOGO, SURINAME, NEPAL,AFEGANISTÃO,TAIWAN, HONG KONG, MOLDÁVIA, VIETNÃ, BULGÁRIA, BAHRAIN, ESLOVÊNIA, PAQUISTÃO, PANAMÁ, SUDÃO, COREIA DO SUL, GUINÉ BISSAU, IRÃ, BELARUS, CASAQUISTÃO, COSTA DO MARFIM, BÓSNIA-HERZEGOVINA, IRAQUE, AUSTRIA, QUÊNIA, EQUADOR, KONGO - KINSHASA e BANGLADESH. CONTINUEM PARTICIPANDO, TIRANDO SUAS DÚVIDAS E DANDO SUGESTÕES. MUITO OBRIGADO! ACESSEM TAMBÉM O NOSSO SITE: www.radiacoesnocivas.com.br. Acesse nossos vídeos, digite: JBFILHOFOREVER na pesquisa do YOUTUBE.COM.BR

2 de junho de 2011

Cuidado com as REDES de ALTA TENSÃO


Existem também fazendas e sítios onde as plantas não crescem, as frutas ficam bichadas e os animais adoecem com muita facilidade. São em geral lugares próximos a fios de alta tensão ou de torres transmissoras, ou então sob influências geopatogênicas; já se desenvolvem no Brasil, inclusive na Serra da Cantareira, estudos e pesquisas sobre a influência nociva de antenas transmissoras e de repetidoras de celular na fauna e na flora. Já se constatou que interferem no metabolismo dos animais e, sem dúvida, a flora também é atingida, mas ainda não se sabe quanto.
Na Suécia, por exemplo, estudos realizados em Estocolmo mostram a relação entre o câncer infantil e a exposição aos campos magnéticos induzidos por uma rede elétrica nessa capital.Em estudo realizado em 250 moradias, os pesquisadores da Universidade do Colorado comprovaram que o índice de mortalidade provocada por certos tipos de câncer, como a leucemia, é significativamente alto entre pessoas que vivem num raio de 40 m dos cabos de alta tensão.
Nas crianças, a influência das energias negativas provocada sobretudo pela proximidade das torres manifesta-se na dificuldade de assimilação e em comportamento fora do normal, como dislexia, insônia, agressividade; em doenças como disritmia e mongolismo. Há casos de bebês que morrem logo nos primeiros meses sem explicação aparente; em gestantes manifestam-se sérios distúrbios que afetam a formação e desenvolvimento do feto em virtude da alteração do DNA, além de hemorragias e mesmo aborto.

Nenhum comentário: