Visitantes

SEJAM BEM VINDOS! AGRADEÇO A TODOS OS LEITORES DOS MAIS DE 98 PAISES, QUE LEEM REGULARMENTE O MEU BLOG, CITO, - WELCOME! THANK YOU TO ALL READERS OF MORE THAN 98 COUNTRIES, WHO REGULARLY READ MY BLOG: BRASIL, PORTUGAL, MOCAMBIQUE, REINO UNIDO, IRLANDA, TIMOR-LESTE, ESTADOS UNIDOS, ITÁLIA, ANGOLA, CINGAPURA, ALEMANHA, UCRÂNIA, JAPÃO, ARGENTINA, AUSTRÁLIA, FRANÇA, CANADÁ,ÍNDIA, BOLIVIA, BÉLGICA, NORUEGA, ISLÂNDIA, ÁUSTRIA, MÉXICO, ESPANHA, COLÔMBIA, AFRICA DO SUL, RÚSSIA, TURQUIA, ARABIA SAUDITA, HOLANDA, SUIÇA, URUGUAI, CABO VERDE, MACAU, SUÉCIA, EGITO, MALÁSIA, PARAGUAI, LETÔNIA, EMIRADOS ÀRABES UNIDOS, SENEGAL, GRÉCIA, ETIÓPIA, GUIANA FRANCESA, HAITI, REPUBLICA TCHECA, DINAMARCA, POLÔNIA, PERU, FINLÂNDIA, FILIPINAS, HONDURAS, SÃO TOMÉ E PRINCIPE, HUNGRIA, ISRAEL, TAILANDIA, ALBÂNIA, MARROCOS, CATAR,ROMÊNIA,CHIPRE,CHINA,INDONÉSIA,CHILE, NAMÍBIA, CROÁCIA, NIGÉRIA, SÉRVIA, VENEZUELA, LUXEMBURGO, TOGO, SURINAME, NEPAL,AFEGANISTÃO,TAIWAN, HONG KONG, MOLDÁVIA, VIETNÃ, BULGÁRIA, BAHREIN, ESLOVÊNIA, PAQUISTÃO, PANAMÁ, SUDÃO, COREIA DO SUL, GUINÉ BISSAU, IRÃ, BELARUS, CASAQUISTÃO, COSTA DO MARFIM, BÓSNIA-HERZEGOVINA, IRAQUE, AUSTRIA, QUÊNIA, EQUADOR, KONGO - KINSHASA, BANGLADESH, LÍBANO, JERSEY e KUWAIT. CONTINUEM PARTICIPANDO, TIRANDO SUAS DÚVIDAS E DANDO SUGESTÕES. MUITO OBRIGADO! ACESSEM TAMBÉM O NOSSO SITE: www.radiacoesnocivas.com.br. Acesse nossos vídeos, digite: JBFILHOFOREVER na pesquisa do YOUTUBE.COM.BR

27 de julho de 2011

MÉDICOS PEDEM MENOS TOMOGRAFIAS PARA EVITAR RADIAÇÃO

Comportamento no Brasil começa a mudar depois de estudos ligarem incidência de câncer a esse exame. Médicos brasileiros estão reduzindo os pedidos de tomografia e substituindo o exame por outros que não emitem radiação ionizante, como o ultrassom e a ressonância magnética.
A iniciativa, confirmada pelo CBR (Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem), ocorre após estudos recentes revelarem que até 2% dos cânceres nos Estados Unidos são resultantes das irradiações da tomografia computadorizada.
Também está em discussão na ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) a revisão de uma portaria de 1995 que regulamentou a radiologia no Brasil. A nova versão do documento vai estabelecer o limite de radiação que os pacientes devem receber em um exame radiológico.
A radiação ionizante pode causar morte celular, e a probabilidade de câncer é proporcional à dose recebida. Hoje não há um limite estabelecido de quantos exames uma pessoa pode fazer para estar segura.  A orientação é quanto menos, melhor.  Estudos apontam que o risco de câncer aumenta quando a exposição à radiação, que é cumulativa, passa de 40 millisieverts (mSv). Em uma tomografia computadorizada de abdome, por exemplo, o paciente se expõe de 2 mSv a 10 mSv de radiação ionizante. Se for obeso, a dose chega a ser o dobro. A preocupação cresceu porque, nos últimos anos, a tomografia passou a ser um dos exames mais pedidos pelos médicos e, muitas vezes, sem necessidade. Nos EUA, ela responde por 50% de toda radiação recebida em exames. Estima-se que até 40% dos exames feitos por ano sejam desnecessários. No Brasil, não há estimativas do tipo, mas estudos mostram situação parecida.
http://lucykerr.wordpress.com/2011/06/27/medicos-pedem-menos-tomografias-para-evitar-radiacao/
<!-- Inclua esta tag na seção head ou logo antes da tag de fechamento da seção body -->
<script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js">
  {lang: 'pt-BR'}
</script>

<!-- Inclua esta tag onde desejar que o botão +1 seja exibido -->
<g:plusone></g:plusone>

Nenhum comentário: